Introvertidos x Extrovertidos: Quem Leva a Melhor?

Maria Clara Whitaker

Coach e CEO da VITAMINA

Se você leu o título desta matéria e imediatamente respondeu “Extrovertidos, claro,” calma aí! Será que você não está cometendo o clássico erro de achar que extrovertidos são divertidos, e introvertidos são tímidos? Essa é uma crença muito comum nas Américas. Em outras partes do mundo, o introvertido é visto como “sábio” e o extrovertido como um “mala sem alça.” Já pensou? Então vamos por de lado nossas pré-concepções e lançar um novo olhar sobre esta questão?

O psiquiatra suíço Carl G. Jung foi quem criou o termo “extrovertido” para se referir às pessoas que carregam as baterias interagindo com o mundo externo, e “introvertidos” para se referir aos que se energizam no mundo interno. Em teoria, os extrovertidos puros seriam uns chatos maníacos, e os introvertidos, uns eremitas mortos de fome. Felizmente, não é bem assim! Todos nós temos um pouquinho de cada; somos todos capazes de interagir e de refletir.

Mas se fôssemos colocar na ponta do papel, quem levaria a melhor: extrovertidos ou introvertidos?

VANTAGENS:

  • Extrovertidos muitas vezes têm amizades mais numerosas
  • Extrovertidos brilham nas reuniões porque são os primeiros a falar
  • Extrovertidos são melhores vendedores porque falam mais prontamente com o cliente

  • Introvertidos muitas vezes têm amizades mais profundas
  • Introvertidos brilham nas reuniões porque primeiro analisam todas as colocações para depois sintetizar excelentes conclusões
  • Introvertidos são melhores vendedores porque escutam melhor o que o cliente quer

DESVANTAGENS

  • De vez em quando, o extrovertido fala mais do que devia
  • As pessoas podem achar que o extrovertido é egocêntrico, roubando sempre a palavra, quando na verdade ele está pensando em voz alta
  • De vez em quando, o introvertido se esquece de falar
  • As pessoas podem achar que o introvertido é emburrado ou tímido, quando na verdade está pensando no que os outros estão falando

De fato, não há uma maneira melhor de ser, apesar de às vezes cairmos na armadilha de achar que determinados “jeitões” são mais bacanas que o nosso próprio. A estratégia vencedora é descobrir qual é o seu tipo psicológico (através de um trabalho credenciado, pelaMOR!), e aprender a aproveitar melhor o seu próprio funcionamento. Isso trará mais sucesso na sua profissão e mais harmonia nas suas relações sociais.

 

Veja Também:

Virtudes e Defeitos

O Que Fortalece Você?

blog comments powered by Disqus