As 6 Novas Regras Para Festas Corporativas

Maria Clara Whitaker

Coach e CEO da VITAMINA

Tal qual as chuvas de verão, com sua regularidade e sua mistura de bênçãos e maldições, as festas corporativas nos agraciam todos os anos com as dúvidas costumeiras sobre a melhor forma de se lidar com elas. Aqui, apresentamos a você 6 dicas brilhantes para aproveitar melhor esses eventos, e como elas podem melhorar ainda mais a sua vida no trabalho.

  1. Não beba mais que uma dose. E, se possível, não menos do que isso.

Vamos tirar o óbvio da frente primeiro: não beba demais em uma festa corporativa. Você não quer ser conhecido como aquela pessoa que bebeu todas, trocou de roupa dentro da piscina, e se atracou em colegas sortidos.

Isto posto, vamos pensar o seguinte: um dos objetivos de uma festa corporativa é dissolver um pouco as barreiras que se formam naturalmente entre as pessoas no ambiente de trabalho. Imagine, por exemplo, um colega seu sentado do outro lado da mesa tomando um cafezinho. Agora, imagine essa mesma mesa, esse mesmo colega, mas desta vez o que ele tem nas nãos é um chope, não um café.  Instantaneamente, você passa a vê-lo como um cara que... bem, que bebe chopes, não é mesmo? Em outras palavras, a imagem que você tinha da pessoa se amplia um pouquinho. Consequentemente, a sua disponibilidade para entendê-lo, para perceber como ele funciona e para se comunicar melhor com ele melhoram.

  1. Evite falar de trabalho.

Em primeiro lugar, o trabalho funciona melhor quando há menos distrações. Por isso, as pessoas marcam reuniões para falar sobre determinados assuntos. Segundo, o propósito da festa corporativa é relaxar, mostrar um lado mais informal das pessoas para que elas tenham a oportunidade de aproximar-se mais. Tratar de assuntos de negócios em uma festa é como fazer um exame de vista no meio de uma micareta. Simplesmente não funciona bem. Se precisa falar de trabalho, marque uma reunião 4 horas antes ou um dia depois da festa. Terceiro: aproveite a oportunidade para mostrar que você consegue falar de outras coisas além de estratégias, projetos e metas.

  1. Vista-se de acordo.

Já que a ideia da festa é soltar um pouco as amarras, que tal investir em um detalhe mais festivo na hora da comemoração? Outra vez, estamos falando de um evento da empresa, portanto micro vestidos decotados com uma estampa de oncinha provavelmente não são a melhor ideia do mundo, mas uma cor, um brilho, algo que fuja do seu uniforme usual, ajudarão a quebrar o gelo.

  1. Quebre as barreiras das panelinhas.

Já que a intenção das festas corporativas é promover a proximidade, aproxime-se de pessoas com quem você não conversa normalmente. Descubra mais coisas sobre elas. Isso o ajudará a gerar novos laços no trabalho, facilitando assim a formação de parcerias para tocar projetos complexos mais adiante.

  1. Pense fora da caixa na hora do amigo secreto.

Sim, dar um presente neutro diminui as chances de você dar um presente do qual a pessoa não vai gostar – por outro lado, aumenta a probabilidade de você agraciar a pessoa com um objeto que não significa nada para ela, ou pior, com a tarefa de ter que ir até uma loja gastar dinheiro porque o vale presente que você deu a ela não cobre o valor do produto que ela gostou na loja. Invista um pouco de tempo em pensar na pessoa, no estilo dela, ou em algo que vocês têm em comum. Isso faz com que o presente vire um símbolo da parceria que vocês compartilham. O amigo secreto não tem nomes definidos previamente? Compre algo divertido, bacana, inesquecível e unissex. A regra é: evite o trambolho neutro ou a tarefa implícita. Um pacote fofo de raspadinhas de loteria é melhor que um vale presente.

  1. Vá à droga da festa.

Se a festa está acontecendo, alguém se esforçou para organizá-la, e outro alguém assinou o cheque. Dê uma chance à festa, nem que seja em respeito a essas pessoas. Afinal, é bem possível que ela supere as suas expectativas, e que você aproveite bastante a ocasião!

Veja Também

A Tragédia dos Treinamentos

O Que Fortalece Você

 

 

Este texto pode ser reproduzido pela Emprego e Carreira, o blog da Monster Brasil, desde que citada a autoria de Maria Clara Whitaker, da VITAMINA.

blog comments powered by Disqus